Crítica | Baymax! - 1ª Temporada | Alegria que dura pouco, mas não pelo motivo que você pensa


Crítica | Coraline (2009) | FS Reviews

Derivada de Big Hero 6, obra mais conhecida por Operação Big Hero aqui no Brasil, Baymax! segue como uma série de curtas que acabou de estrear no Disney+, serviço de streaming da Disney que está se tornando o palco de muitos lançamentos derivados de grandes produções da mesma, sendo este o caso. Porém devido ao estilo desta obra, muitos pensam que ela veio apenas para preencher algum espaço dentro do catálogo do Disney+, e agora você vai entender o porquê disso não ser verdade.


Indo direto ao ponto, Baymax! é um excelente passatempo, aquela típica série que você guarda para assistir em momentos específicos em que está querendo que o tempo passe rapidamente, de maneira natural e divertida, algo que esta faz muito bem, uma vez que não só conta com episódios curtos, mas que cada um conta com sua identidade própria, abordando diversos temas importantes, por mais que causem algum estranhamento por parte de alguns, o que foi o caso do episódio 3, que trouxe um assunto um tanto quanto curioso, ocasionando em muitas polêmicas.


Isso está incluído no apelo psicológico e emocional trabalhado por aqui, já que a forma simplista usada para trazer esses temas que querendo ou não retratam problemas sérios na vida real é tão divertida quanto tocante, fazendo com que tenhamos a sensação de que estas são situações simples de se resolver, por mais que na prática não, talvez isso seja uma crítica implícita à sociedade atual, ou pelo menos é o que aparenta.


Talvez tudo isso seja uma bagagem traga por Baymax, um personagem tão simples quanto é cativante, consequentemente é o que traz coração à esta série de curtas, que em poucos minutos, não só diverte, como também nos faz refletir sobre as ações de Baymax em relação ao que se passa em cada episódio. E não se engane, apesar de todo o peso que a mesma traz, ainda podemos tirar boas e velhas risadas, graças ao humor convencional dela.

Porém como todas as mais recentes produções da Disney, Baymax! não se isenta da famosa "inclusão social", que não só é desnecessária, como também não tem o mínimo de contexto para uma produção direcionada à um público infantil, tendo classificação livre. Acho que não precisamos adentrar muito nesse assunto, não é mesmo ? E bem, não se esquecemos da animação, que está impecável como sempre.


Concluindo, Baymax! pode não ser isenta das mãos impositoras dos produtores da Disney, mas pelo menos conta com coração e simplicidade divertida, algo que nos faz sentir falta da alegria que a mesma nos traz, já que como toda série de curtas, não dura muito e passa muito rápido devido ao seu ritmo.



1 comentário